Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Pedra do Porto

História e Património do Concelho da Nazaré

Pedra do Porto

História e Património do Concelho da Nazaré

Apresentação do livro: Lendas a perder de vista

Carlos Fidalgo, 24.11.21

259448265_4774080605982645_8967519692112431596_n.jpg

“Lendas a perder de vista” dá nome ao livro que Manuela Ribeiro irá apresentar no auditório da Biblioteca Municipal da Nazaré, no próximo dia 27, às 16h00.
Sessão aberta ao público.
Manuela Ribeiro nasceu nas Caldas da Rainha em 1951. É licenciada em Estudos Germanísticos pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.
Foi professora de Português, Inglês e Alemão.
Editou recentemente o livro “Lendas a Perder de Vista”, em que reconta em verso 30 lendas portuguesas, entre elas, se inclui a “Lenda do Milagre da Nazaré”.
 
“(...) desde umas bem conhecidas
Até outras que o não são,
Em poema convertidas,
trinta lendas, pois então,
de corajosos guerreiros,
tristes mouras encantadas
e santinhos milagreiros
aqui se acham recontadas”.
 

Exposição: Onde Mora a Saudade - Centro Cultural da Nazaré

Carlos Fidalgo, 24.11.21

onde_mora2_ecra_digital_e_facebook_1_2500_2500.jpgOnde mora a saudade
A casa da Saudade chama-se Memória.
Cada um de nós tem as suas memórias.
Todos sentimos saudades de certos momentos da nossa vida e das pessoas que recordamos.
As fotografias da nossa terra, e da nossa comunidade, são documentos muito especiais, valiosos, parte importante do património pessoal e coletivo.
Onde mora a Saudade é uma exposição comunitária, na qual participam cerca de 70 pessoas que agora partilham connosco as suas fotografias.
O objectivo desta exposição é resgatar memórias relacionadas com o Concelho da Nazaré e desafiar a população a partilhar momentos e acontecimentos das suas vidas.
É uma exposição feita de muitos para todos.
Queremos aqui retratar momentos que já passaram, que foram vividos e que todos nós gostamos de relembrar e reviver.
Na verdade, o apelo feito por nós a diferentes pessoas do nosso concelho fez-nos perceber que o espaço do Centro Cultural da Nazaré é reduzido para tanto material disponível para expor, desse modo tudo faremos para que este tipo de exposição se faça mais vezes, como tem sido nossa missão.
Entretanto, o material recolhido ficará no nosso Arquivo Histórico Municipal, tendo toda a documentação sido digitalizada com a prévia autorização dos proprietários e estará disponível para quem a quiser consultar.
Se quiser partilhar connosco as suas memórias, as suas fotografias ou outro tipo de documentação estaremos aqui para recebê-lo e também ele fará parte do nosso espólio Municipal.

Fonte: Onde Mora a Saudade - Nazaré (cm-nazare.pt) 

 

Pág. 1/2